Sessão de 1 de Dezembro de 2018, em Londres, com João Ferreira

Publicado em

20181201 sessao londres joao ferreiraRealizou-se no passado sábado dia 1 de Dezembro em Londres, na Hackney Cipriot Association, um encontro com o deputado do PCP ao Parlamento Europeu João Ferreira, com o tema ‘A saída do Reino Unido da União Europeia, a defesa dos direitos da comunidade portuguesa’. O encontro, aberto ao público, foi organizado pelo Sector da Emigração do PCP no Reino Unido e contou também com a participação de Andy Bane em representação do Partido Comunista Britânico.

 A actualidade do tema despertou o interesse da comunidade portuguesa residente no Reino Unido, que marcou presença não só através de militantes e amigos do partido como com o público em geral. Este é um tema que toca de perto os trabalhadores portugueses residentes no Reino Unido pelas potenciais implicações tanto nos seus direitos enquanto cidadãos emigrados, como nos seus direitos laborais, e os participantes fizeram questão de o mostrar e discutir.

João Ferreira sublinhou as contradições, chantagens e interesses de classe que têm norteado todo processo de negociação da saída do Reino Unido da União Europeia. Porém, também lembrou que o eixo central das politicas em curso impostas pela UE - politicas que vão contra os interesses das populações trabalhadoras, e dos emigrantes portugueses em particular - fazem parte de opções politicas que têm sustentado a expansão capitalista, em detrimento de uma outra politica verdadeiramente democrática pela qual o PCP se tem batido, que não é possível implementar com os actuais constrangimentos da EU.

Para mais, João Ferreira salientou que o acordo até agora conseguido - mas ainda não aprovado pelo parlamento britânico - contêm ambiguidades em questões importantes, e, consequentemente, não assegura direitos e garantias essenciais para os trabalhadores portugueses a residir e trabalhar no Reino Unido. Um exemplo discutido foi o da falta de clareza acerca do direito de residência após a saída para alguns membros familiares como irmãos dependentes, primos ou futuros cônjuges.

Andy Bane, por seu lado, confirmou que os constrangimentos das actuais acordos da EU impediriam na pratica um politica progressista no Reino Unido caso o Partido Trabalhista ganhe as próximas eleições. Andy Bane realçou que o programa que do Partido Trabalhista liderado for Jeremy Corbyn, e que o Partido Comunista Britânico apoia, contém propostas próximas do socialismo com a renacionalização de sectores estratégicos da economia, como os transportes ferroviários ou a água, ficaria restringida a intenções, ou, se implementado, sujeito a sanções da parte da EU.

O deputado João Ferreira fez questão de sublinhar aquando da sua intervenção que o encontro era também uma oportunidade para auscultar a população portuguesa nos seus anseios, preocupações, problemas e opiniões em relação ao processo do Brexit, e tornar o encontro numa verdadeira conversa aberta. Assim se sucedeu, com amplas oportunidades para os presentes expressarem as suas experiências e colocarem as suas questões. Foi um encontro que fortaleceu o PCP para continuar na sua luta de defesa da comunidade portuguesa emigrante a trabalhar e residir no Reino Unido e que solidificou o seu prestigio e implementação na mesma comunidade.

Imprimir