Jerónimo de Sousa com a comunidade portuguesa de S. Paulo - Brasil

Jeronimo de Sousa

Jerónimo de Sousa, na sua recente deslocação ao Brasil, encontrou-se com a Comunidade Portuguesa de São Paulo, que o acolheu de forma efusiva. Na ocasião afirmou que o PCP acompanha os problemas dos portugueses a viver e a trabalhar no estrangeiro, sendo o Partido que mais tem lutado pelos direitos dos Emigrantes.

 A convite do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), e no quadro das relações de amizade e cooperação entre os dois partidos,o Secretário-geral do PCP, acompanhado por Ângelo Alves, da Comissão Política do Comité Central e da Secção Internacional, esteve no Brasil, entre os dias 9 a 13 de Junho. A Delegação  participou em reuniões e iniciativas organizadas pelo PCdoB, nas cidades de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

A Delegação do PCP  encontrou-se também com a Comunidade Portuguesa de São Paulo, na Casa de Portugal, a convite desta, do Conselho das Comunidades Luso-brasileiras do Estado de São Paulo (CCP), do Centro Cultural 25 de Abril, do Arouca Clube e do Clube Português, aonde teve a ocasião de conviver com os nossos compatriotas. Jerónimo de Sousa foi recebido pelo Presidente  da Casa de Portugal, que o agraciou com um galardão assinalando a sua visita. Foi servido um Porto de Honra, a que se seguiu uma visita às instalações desta Associação. 

O Presidente do Centro Cultural 25 de Abril, Eng.º Ildefonso Garcia já tinha entretanto convidado  o Secretário-geral do PCP a visitar o Monumento "Porta de Abril", monumento da autoria de José Aurélio, de homenagem à Revolução dos Cravos, em pleno coração da cidade de São Paulo, na Praça Mestre de Avis, e aonde lhe foi oferecida uma réplica do monumento.

Jerónimo de Sousa participou por fim numa sessão sobre "Revolução e contra Revolução em Portugal" na sede do Sindicato dos Engenheiros aonde fez referência à luta travada pelo PCP, pela conquista da Democracia e depois pela defesa das conquistas alcançadas com a Revolução de Abril. Mais de 500 pessoas lotavam o auditório do Sindicato entre as quais se encontravam dirigentes das Associações e diversos dirigentes da cena política da cidade de São Paulo.

Imprimir Email