Comunistas portugueses na Alemanha preparam Congresso

20081101assembalemanha_xviiicong1O Organismo de Direcção Nacional do PCP na Alemanha, emitiu um comunicado dando nota da realização da Assembleia plenária dos comunistas portugueses residentes na Alemanha, que teve lugar em Solingem, no dia 1 de Novembro e que contou com a participação de Manuela Pinto Ângelo do Secretariado do Comité Central e mais de duas dezenas de membros e simpatizantes do Partido vindos de norte a sul do país.A par do debate em torno das Teses, foi eleito o delegado ao XVIII Congresso. De sublinhar ainda a adesão de 5 novos militantes numa clara demonstração do crescente prestigio do PCP nas comunidades portuguesas, em particular na Alemanha.

 

Comunicado do Organismo de Direcção Nacional do PCP na Alemanha

PREPARAÇÃO DO XVIII CONGRESSO DO PCP
ASSEMBLEIA DOS COMUNISTAS PORTUGUESES NA ALEMANHA


Realizou-se no dia 1 de Novembro, em Solingen, a Assembleia dos comunistas portugueses residentes na Alemanha que contou com a presença de mais de duas dezenas de membros e simpatizantes do Partido vindos de norte a sul do país. Na Assembleia que contou com a presença de Manuela Pinto Ângelo do Secretariado do Comité Central, e de membros do Partido de todas áreas consulares, discutiu-se o projecto de resolução política do PCP para o XVIII Congresso com incidência sobre as questões referentes às comunidades portuguesas como o ensino da língua e da cultura portuguesa, o movimento associativo e os ataques do Governo à rede consular, assim como as questões referentes à crise mundial do capitalismo, à situação social, à ofensiva do imperialismo e ao reforço do Partido. Desde o último Congresso já aderiram ao PCP cerca de 7 mil novos membros. Confirmou-se que também na Alemanha quanto mais forte for o PCP, maiores serão as possibilidades da comunidade portuguesa se defender contra os ataques aos seus direitos desencadeados pelos sucessivos governos do PS e do PSD.
A Assembleia aprovou as teses na generalidade e elegeu os delegados efectivo e suplente ao XVIII Congresso que se realizará a 29, 30 de Novembro e 1 de Dezembro em Lisboa.
No dia 2, Domingo, teve lugar na sede da Associação Sanjorgense em Düsseldorf um encontro da comunidade portuguesa com o deputado do PCP Jorge Machado, vice-presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades, em que participaram mais de cinquenta pessoas, e onde predominavam sindicalistas e dirigentes associativos. Em numerosos depoimentos e intervenções, os presentes abordaram problemas da comunidade portuguesa na Alemanha e a situação política e social que afecta o nosso dia a dia e dos nossos familiares em Portugal. Verificou-se uma grande coincidência de pontos de vista entre os participantes e os objectivos prosseguidos pelo PCP. Jorge Machado apelou à necessidade de reforçar o PCP, único Partido que defende consequentemente os interesses e os direitos dos trabalhadores e que defende intransigentemente uma política patriótica virada para os anseios das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo.
Seguiu-se um almoço em que os presentes puderam continuar a trocar impressões sobre o PCP e as lutas em Portugal contra a política antipopular do Governo de Sócrates.
Aderiram ao PCP cinco novos militantes tendo outras pessoas manifestado a disposição de vir a aderir ao Partido num futuro muito próximo.
Jorge Machado encontrou-se ainda a seu pedido com a Federação das Associações Portuguesas na Alemanha, tendo sido informado pela direcção da FAPA dos problemas do movimento associativo, das lutas da comunidade e de todas as questões importantes que afectam a vida da comunidade portuguesa na Alemanha.

ImprimirEmail